Educação sexual para prevenir, contraceptivo para não engravidar e aborto legal e seguro para não morrer.

Tags:

II Marcha (Inter)Nacional Contra o Genocídio do Povo Negro – Rio de Janeiro

No dia 22 de agosto de 2014, a população negra do Rio de Janeiro foi as ruas dizer basta ao genocídio desta. A marcha, puxada, protagonizada e tendo como linha de frente as mulheres negras, teve como ponto de concentração a estação de trem de Manguinhos e foi em marcha até o Complexo do Alemão. O trajeto passou praticamente por lugares onde pessoas sofrem todos os dias com a política fascista e genocida do estado. No percorrer da marcha, muitas pessoas que apenas observavam aderiram a esta, alem da marcha dialogar com várias pessoas, acabando dentro de um das comunidades pertencentes ao Complexo do Alemão.

Pelo Fim do Genocídio da População Negra!
Read More

[Cuba] Os agentes latino-americanos da USAID em Cuba, a Segurança do Estado, e nós os anarquistas

http://noticiasanarquistas.noblogs.org/files/2014/08/cuba-os-agentes-latino-americano-1.jpg

Oficina Libertária Alfredo López

I

Faz uns dias, na primeira semana de agosto os meios de fabricação massiva de  opiniões em Cuba, em mãos da Segurança do Estado, o Birô Político, e o  Departamento Ideológico do MINFAR e o MININT, nos presentearam um novo capítulo da história de suas façanhas de trabalho, no combate direto às operações de subversão do governo ianqui. O assunto que nos trazem agora nos chega por meio da Associated Press, apresentada nesta ocasião como uma séria agência de imprensa internacional. O tema: a denúncia de outra modalidade de subversão em Cuba, orquestrada pela USAID, introduzindo agentes a baixo custo e escassa formação profissional de origem latino-americana, para o recrutamento de jovens cubanos, chamam de “contactos estrella” a “geração de uma rede de voluntários para a transformação social” em Cuba, “fazer ativismo contra o governo”, através de oficinas de educação sexual e a proteção frente ao HIV, para com estes temas “recrutar jovens ensinando-os como se organizar”.
Read More

Confira a programação completa da Semana Internacional de Solidariedade axs presxs

Via Cruz Negra Anarquista Rio

Juntando-se ao movimento internacional de apoio e visibilidade axs encarceradxs pelo Estado, acontece nas cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Porto Alegre de 23 a 30 de Agosto a Semana Internacional de Solidariedade axs presos. Depois das revoltas contra o status quo terem incendiado o país, vivemos um processo de recrudescimento da repressão, caça às bruxas aos movimentos sociais e criminalizações de organizações e ativistas vem se juntar às cotidianas agressões policiais e prisões arbitrárias em massa numa tentativa de calar as indignações, paralizar as mobilizações, aterrorizar a população e controlar à insatisfação popular pela força e pelo medo preparando o terreno para as Olimpíadas 2016 em nosso país e mais especificamente no Rio de Janeiro. Dessa forma, o evento vem como um espaço de debate político, apoio às vitimas do Estado e construção de laços de resistência. Segue a programação completa:

Baixe aqui o panfleto informativo.

Programacao Semana-page-002

[SP] Semana Internacional de Solidariedade a Presxs Anarquistas

Via Tattoo Circus SP

Em 23 de agosto de 1927 foram executado pelo Estado dos EUA os anarquistas imigrantes Nicola Sacco e Bartolomeo Vanzetti, por um crime que não cometeram.

Por isso o mês de agosto é um marco internacional da luta anti-cárcere anarquista, e entre os dias 23 a 30 de Agosto acontecerá em várias cidades do Brasil e do mundo a Semana Internacional de Solidariedade e Apoio a Presxs Anarquistas.

Mais informações sobre o chamado internacional e as atividades que ocorrerão na Semana no Brasil e no mundo podem ser conferidas aqui: Chamado Internacional,Cruz Negra Anarquista Rio, Cruz Negra Anarquista Porto Alegre

Read More

Ex-detenta que ganhou processo por parto com algemas fala pela primeira vez

Carta enviada por mãe de ex-detenta deu origem a processo judicial

Na reportagem Maternidade Condenada a Pública mostrou, em primeira mão, o processo que condenou o Estado de São Paulo a pagar indenização a uma ex-detenta obrigada a dar à luz algemada pelos pés e pelas mãos em setembro de 2011. Ainda cabe recurso mas a decisão deve ter desdobramentos já que muitas mulheres sofreram a mesma violação de direitos como destaca o juiz na sentença: “(…)apurou-se que até a edição do decreto n. 57.783/2012 era usual o uso de algemas nas custodiadas durante o trabalho de parto” e que são “inegáveis, por outro lado, as sensações negativas de humilhação, aflição e desconforto, entre outras, a que foi submetida a autora diante da cruel, desumana e degradante manutenção de algemas durante seu trabalho de parto. São danos morais indenizáveis e guardam nexo com a ação estatal, de modo que avulta o dever de ressarcimento almejado”.
Read More

[POA] Semana Internacional de Agitação e Solidariedade axs presxs anarquistas

Cartaz  Semana Agosto-page-001

[SP] Roda de Conversa: Criminalização e Perseguição à Militância Anarca-feminista no Rio de Janeiro

Desde 2013 mulheres, lésbicas e trans feministas e anarquistas tem sido enormemente atingidas pela crescente criminalização dos movimentos sociais.
Tendo em vista a atual realidade do Rio de Janeiro, propomos uma roda de conversa para relatar, problematizar e nos fortalecer diante da criminalização efetuada pelo Estado e da culpabilização feita pela grande mídia, bem como por setores anarquistas, à luta anarca-feminista e às vivências autônomas, não-monogâmicas e lésbicas dessas militantes.

Data: Sábado, 16/08
Horário: 17:00 – Pontualmente!
Local: CDC City, Rua Sepetiba, 660 – Lapa – São Paulo – SP

 

Via Tattoo Circus São Paulo

 

Justiça caça os direitos políticos de manifestantes perseguidos, mas os mantêm em “liberdade provisória”.

No dia 12 de Agosto, um mês após a prisão e perseguição de 26 manifestantxs no Rio de Janeiro, a 7 câmara criminal, através do conselho de desembargadores, manteve o habeas corpus concedido pelo desembargador Siro Darlan a 23 manifestantxs acusadxs, injustamente, por “formação de quadrilha armada” (artigo 288). A decisão, entretanto, AMPLIOU AS RESTRIÇÕES AOS PERSEGUIDOS POLÍTICOS, agora impedidos por lei de participar de manifestações e “reuniões públicas”.
Read More

CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE FUNDOS PARA A DEFESA DXS ATIVISTAS CRIMINALIZADXS

CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO DE FUNDOS PARA A DEFESA DXS ATIVISTAS
CRIMINALIZADXSNo dia 12 de julho de 2014, véspera da final da Copa do Mundo da FIFA, a Policia Civil do Rio de Janeiro acusou 28 ativistas de organizar “atos violentos” em manifestações, dos quais 18 foram mantidos em cárcere em presídios de segurança máxima, numa operação que incluiu violações a domicílios e à dignidade dxs presxs e seus familiares. Em entrevista coletiva realizada na Cidade da Policia, na mesmo dia, panfletos, jornais e bandeiras de movimentos populares foram expostos como “provas” do exito da Operação Firewall 2, escancarando assim o caráter político não só da ação policial, mas de todo o inquérito que a deflagrou. Dezenas de ativistas e seus familiares tiveram seus telefones grampeados por meses a fio, inclusive advogadxs, que tiveram violadas suas
conversas com clientes.

Read More
Cadastro

Receba cada postagem nova na sua caixa de email

%d blogueiros gostam disto: